USAID e OIM anunciam um novo programa de integração de venezuelanos e migrantes de países vizinhos ao Brasil


Date Publish: 
Tuesday, January 28, 2020

A agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) lançaram, nesta terça-feira (28), o programa Oportunidades, para integração econômica dos venezuelanos e migrantes de países vizinhos em situação vulnerável no Brasil. O programa conta com um financiamento de aproximadamente US$4 milhões.

 

O anúncio contou com a presença do administrador adjunto para América Latina e Caribe da USAID, John Barsa, da secretária adjunta do Departamento de Estado para Assuntos do Hemisfério Ocidental, Carrie Filipetti, do encarrego de Negócios da Missão Diplomática dos EUA, William Popp, do chefe de missão da OIM no Brasil, Stéphane Rostiaux, da diretora do projeto Oportunidades da OIM, Michelle Barron, do coordenador-adjunto da Operação Acolhida, coronel Georges Kanaan e da subchefe de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, Verónica Sanchez.  Após o lançamento oficial, os representantes inauguraram uma exposição dedicada ao povo venezuelano e suas experiências como imigrantes.

 

“Os países da América Latina e do Caribe estão lidando com os efeitos da crise provocada na Venezuela. O governo do Brasil e o povo brasileiro demonstraram sua generosidade em ajudar os venezuelanos em seus momentos de necessidade. Este projeto financiado pela USAID apoiará os esforços do Brasil, fornecendo aos venezuelanos vulneráveis as habilidades necessárias para integrar com sucesso nas comunidades locais”, comentou o administrador adjunto da USAID, John Barsa sobre a iniciativa.

 

Este programa proporcionará aos venezuelanos no Brasil acesso a meios de subsistência sustentáveis e oportunidades de emprego formal, por meio de programas de formação profissional, cursos de idiomas e colocação no mercado de trabalho, principalmente no Distrito Federal, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Este financiamento se soma aos quase US$ 15 milhões que a USAID forneceu até o momento para apoiar a assistência humanitária que tem salvando vidas de venezuelanos no Brasil.

 

“A integração econômica é a solução duradoura para o povo venezuelano que deseja permanecer no Brasil e recomeçar suas vidas de maneira independente. Com o projeto Oportunidades queremos favorecer e ampliar esse processo e facilitar o acesso dessa população ao mercado formal de trabalho e a oportunidades de geração de renda, além de fortalecer vínculos com o setor privado”, disse Stéphane Rostiaux da OIM.

 

Desde 2017, os EUA já forneceram mais de US$ 656 milhões em financiamento humanitário e de desenvolvimento para ajudar os venezuelanos, tanto dentro da Venezuela quanto em 16 países vizinhos. O programa financiado pela USAID também complementará o programa de interiorização mais amplo do governo brasileiro, que está ajudando venezuelanos a se reunirem em todo o país e encontrar oportunidades de integração social e econômica de longo prazo no país.

 

Fonte: Governo dos Estados Unidos com OIM