OIM apoia campanha Dezembro Vermelho em Roraima


Date Publish: 
Thursday, December 19, 2019

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) realiza durante o mês de dezembro ações informativas para venezuelanos e brasileiros em Roraima com o intuito de alertar para a prevenção do HIV/Aids e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), além de dar orientação sobre os serviços de saúde disponíveis. As atividades complementam a campanha Dezembro Vermelho realizada pela Secretaria Estadual de Roraima (SESAU) e a Secretaria Municipal de Boa Vista, iniciada em 1º de dezembro quando é celebrado o Dia Mundial de Luta e Prevenção contra o HIV/Aids.

 

“Para a OIM é essencial promover a conscientização dos migrantes e da população acolhida no estado de Roraima sobre as políticas públicas, como a da campanha Dezembro Vermelho, que reforçam a reputação mundial do Brasil na acessibilidade para a prevenção,  tratamento do HIV/Aids e conscientização sobre as outras Infecções Sexualmente Transmissíveis”, destaca o coordenador de saúde da OIM no Brasil, Mateus Falcão.

 

Para aumentar a visibilidade da campanha, foram ainda doadas para profissionais de diferentes serviços de saúde da rede pública do estado 760 camisetas temáticas. A Associação dos Travestis e Transsexuais-ATTER também foi beneficiada, assim como a equipe da OIM que trabalha diariamente em contato com os migrantes nos postos de Interiorização e Triagem (PITRIG) da Operação Acolhida em Boa Vista e Pacaraima.

 

Os municípios de Alto Alegre, Boa Vista, Bonfim, Mucajaí, Normandia, Rorainópolis e Pacaraima receberam seis mil folders explicativos produzidos em português e espanhol sobre a prevenção do HIV/Aids, o uso de preservativo masculino e feminino, a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP), a Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP), a Sífilis, as Hepatites tipo B e C e o Papiloma Virus Humano (HPV). Na capital, o material também foi distribuído em ocupações espontâneas onde se concentram migrantes.

 

"Para o Núcleo de Controle das ISTs/AIDS/HIV,  o acesso  a prevenção e diagnóstico é fundamental para evitar as co-infecções e melhorar a qualidade de vida da população infectada. As ações do dezembro vermelho intensificam essa oportunidade de diagnóstico, pois trabalham em pontos estratégicos e em horários diferenciados para alcançar a população mais vulnerável a infecção", comenta a diretora do Departamento de Vigilância epidemiológica do Estado Roraima, Valdirene Oliveira Cruz.

 

O secretário municipal de Saúde de Boa Vista, Cláudio Galvao, também reforça a importância de cada um se cuidar: "Neste mês de dezembro estamos intensificando as medidas de combate ao HIV/Aids. A prevenção ainda é o fator mais importante pra se viver com saúde", finaliza.

 

As ações de apoio à campanha Dezembro Vermelho realizadas em Roraima pela OIM são financiadas pelo Governo do Japão.