Declaração: Sejamos a geração da igualdade – Dia Internacional da Mulher

Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, comemoramos as conquistas e contribuições de mulheres e de meninas para a sociedade no mundo todo.

 

De fato, as suas contribuições para as sociedades são inúmeras, embora muitas vezes passem despercebidas.

 

Atualmente, 25 anos após a Plataforma de Ação de Pequim*, verifica-se que muito foi alcançado em diversas áreas. No entanto, todos sabemos que é necessário fazer mais. Todos nós podemos fazer melhor, e devemos fazê-lo.

 

Precisamos de garantir que as intervenções da OIM, desde o início, considerem e respondam às diversas necessidades, papéis, responsabilidades e experiências de pessoas de diferentes sexos.

 

Assim, desta forma, podemos garantir que as nossas ações respondem às necessidades de todos e que removem barreiras à igualdade de gênero.

 

Promover a igualdade de gênero significa também analisar cuidadosamente as nossas próprias práticas.

 

Necessitamos trabalhar a nossa cultura organizacional para operacionalizar melhor o conceito de igualdade – o que significa prevenir abusos e reagir adequadamente quando eles são denunciados.

 

Precisamos de acelerar a nossa estratégia para alcançar a paridade de género em todos os níveis e em todas as funções da OIM.

 

Permitam-me aproveitar esta oportunidade para agradecer a todas e todos os colegas da OIM pelo que alcançaram ao redor do mundo por meio de suas ações.

 

Por serem sensíveis a questões de gênero, o trabalho de vocês faz uma diferença positiva.

 

Sejamos a geração da igualdade!

Eu sou parte da geração da igualdade.

 

António Vitorino,

Diretor-Geral da OIM

 

 

* A Declaração e Plataforma de Ação da IV Conferência Mundial sobre a Mulher (Declaração de Pequim) constituem documentos com objetivos estratégicos em doze áreas prioritárias de preocupação relativas às mulheres. Conheça a declaração na íntegrs:  https://bit.ly/32UkVL2