Cartilha online sobre saúde de grávidas e puérperas no período da pandemia ganha versões em francês e espanhol

Com o objetivo de ampliar seu acesso e beneficiar mais mulheres migrantes, cartilha que visa orientar mulheres grávidas e puérperas sobre o atendimento nos serviços de saúde no contexto da pandemia de Covid-19 ganha versões em francês e espanhol. Produzida em parceria entre a Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul (SES/RS) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM), a publicação teve sua primeira versão em português lançada em junho deste ano.

A cartilha “Recomendações para Gestantes e Puérperas no Contexto de Pandemia do Coronavírus (Covid-19)” foi elaborada em uma linguagem acessível e ilustrada, favorecendo sua adoção como um material de consulta para casos de dúvidas e de auxílio no cotidiano de gestantes e puérperas.

O documento nos três idiomas está disponível no site da OIM, além de ter sido compartilhado com organizações da sociedade civil que prestam apoio a migrantes, associações de migrantes e servidores da saúde via aplicativos de mensagem. O intuito é que a cartilha chegue ao maior número de pessoas que possam se beneficiar da publicação ou repassar as orientações.

"A parceria entre a OIM e a SES/RS tem se fortalecido desde a assinatura do acordo de cooperação em setembro de 2020, do qual este informativo é mais um fruto", avalia a coordenadora de projetos da OIM Isadora Steffens. A coordenadora considera “importante o fato de que a SES/RS tem desenvolvido estratégias para facilitar a comunicação com migrantes internacionais nos serviços públicos, bem como para garantir que os materiais de informação em saúde sejam acessíveis a diferentes nacionalidades". 

Além da cartilha, a SES/RS, em parceria com a OIM e a Universidade de Caxias do Sul (UCS) lançaram recentemente um Boletim Informativo sobre a Saúde da população migrante internacional residente no Rio Grande do Sul. 

Acesse a cartilha em português, em espanhol e em francês.